Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 5


5

AVALIAÇÃO DOS EFEITOS DE UM PROGRAMA DE EDUCAÇÃO PERMANENTE NO CONTEXTO HOSPITALAR

Autores:
Aida Maris Peres (aidamaris.peres@gmail.com) (Universidade Federal do Paraná) ; Priscila Meyenberg Cunha Sade (Universidade Federal do Paraná) ; Daniele Potrich Lima Zago (Universidade Federal do Paraná) ; Sabrina Correa Koch (Universidade Federal do Paraná) ; Daniele Nagai (Universidade Federal do Paraná) ; Maria de Fátima Mantovani (Universidade Federal do Paraná)

Resumo:
Introdução: Na perspectiva da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde a avaliação é dimensão que precisa ser desenvolvida de forma ordenada, por métodos científicos válidos e reconhecidos, comtemplando o uso de diferentes tipos de análises, como a dos efeitos(1). Objetivo: Avaliar os efeitos de um programa de educação permanente desenvolvido para profissionais de enfermagem de um hospital público de ensino. Metodologia: Pesquisa avaliativa sustentada pela análise dos efeitos. Ocorreu aplicação de instrumento de medida validado de autoavaliação com 147 profissionais de enfermagem hospitalar no Sul do Brasil. Agruparam-se afirmações da autoavaliação com 12 afirmações (variáveis ordinais) para analisar: melhoria no desempenho no trabalho (afirmações 1 a 7); motivação para realização das atividades laborais (afirmações 8 e 9); atitude favorável à modificação da forma de realizar o trabalho (afirmações 10 a 12). Estudo aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa sob Protocolo CAAE 50115515.8.0000.0096. Resultados: Conforme autoavaliação dos profissionais de enfermagem, o programa de educação permanente possui impacto positivo, com mediana de todas as respostas correspondendo à alternativa "concordo" e desvio padrão indicando homogeneidade de opinião. Conclusões: O programa produz efeito positivo, com transferência dos conhecimentos e habilidades apreendidos, refletidos no desempenho, motivação e atitudes dos profissionais no contexto do trabalho. Contribuições/Implicações para a Enfermagem: A análise dos efeitos desses programas ajuda definir mecanismos, instrumentos, modalidades e estratégias para monitoramento e avaliação dos processos de aprendizagem nas organizações hospitalares, com vistas a produzir melhorias e transformações nas práticas dos profissionais de enfermagem.


Referências:
Referências: 1. Champagne F et al. A análise dos efeitos. In: Brousselle A. et al. (Orgs.). Avaliação: conceitos e métodos. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2013e. p.159-182