Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 7


7

AVALIAÇÃO DE ESTUDANTES DE ENFERMAGEM POR COMPETÊNCIAS EM SEGURANÇA DO PACIENTE

Autores:
Aline Mirema Ferreira Vitorio (alinemirema2011@gmail.com) (Universidade do Grande Rio- UNIGRANRIO) ; Suzana Curtinhas da Cunha (Universidade do Grande Rio- UNIGRANRIO) ; Rodrigo Francisco de Jesus (Universidade do Grande Rio- UNIGRANRIO) ; Silvia Crisitina de Carvalho Cardoso (Universidade do Grande Rio- UNIGRANRIO) ; Fabio José de Almeida Guilherme (Universidade do Grande Rio- UNIGRANRIO) ; Renata da Costa Silva (Universidade do Grande Rio- UNIGRANRIO)

Resumo:
AVALIAÇÃO DE ESTUDANTES DE ENFERMAGEM POR COMPETÊNCIAS EM SEGURANÇA DO PACIENTE Introdução: A preocupação com a segurança do paciente (SP) aumentou a nível mundial, pois altas taxas de erro e danos continuam a ser relatadas(1). A SP pode ser diretamente afetada pela competência de um enfermeiro. Um modelo de avaliação de competências, o exame clínico objetivo estruturado (OSCE), durante o ensino de enfermagem pode impactar positivamente a assistência ao paciente Objetivo: Apresentar o processo de aplicação de uma avaliação por competências para fortalecer o desempenho de novos enfermeiros no cuidado seguro. Método: Relato de experiência de docentes de uma IES privada da região sudeste do BRASIL. Resultados: A avaliação por competências foi realizada em ambientes simulados de 4 estações, onde cada aluno participante, estudante do décimo período de enfermagem, foi avaliado em 10 minutos por examinadores treinados utilizando um documento em formato de lista de checagem desenvolvido com fundamentação de literaturas atuais e avaliação de expertises na área específica. As estações e suas práticas avaliadas apresentavam questões correlacionadas a segurança do paciente e as metas internacionais de SP- MISP(2): de Identificação do paciente, Comunicação efetiva, Segurança na medicação, Prevenção de Infecções e de queda. Conclusão: Estudantes aprimoraram seus conhecimentos, habilidades e atitudes fundamentados nas MISP. A avaliação por competências correlacionando a segurança do paciente é um método que pode contribuir para um sistema de saúde seguro. Visto que estes serão os futuros profissionais de enfermagem. Contribuições para a enfermagem: Se reconhece a necessidade de modelos de educação que contribuam para a formação de um profissional de enfermagem competente que atenda a necessidade de criação de sistemas de saúde seguros.


Referências:
1. Vincent C, Amalberti R. Safer Healthcare Strategies for the Real World. Health Foundation. London: Springer Open. 2016. 2. Joint Commission International. International Patient Safety Goals. Disponível em: