Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 89


89

ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NA FORMAÇÃO DOS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE (ACS): PRÁTICA DE EDUCAÇÃO PERMANENTE NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA.

Autores:
Luzia Beatriz Rodrigues Bastos (beatrizbastos_02@yahoo.com.br) (Universidade Federal de Goiás) ; Maria Alves Barbosa (Universidade Federal de Goiás) ; Rosele Aquino de Leão (Universidade da Amazônia) ; Celiane Gomes Rodrigues (Universidade da Amazônia)

Resumo:
RESUMO Introdução: A Educação Permanente em Saúde é uma estratégia para a construção de novas práticas em saúde e enfermagem e pode ser definida como um campo de relações sociais, estabelecidas pelos profissionais de saúde, entre si, com a instituição e, com o usuário no desenvolvimento cotidiano de suas atividades (BARTH, et al, 2014). Objetivo: Analisar a atuação de Enfermeiro na promoção de educação permanente aos agentes comunitários de saúde da Estratégia Saúde da Família. Metodologia: Pesquisa qualitativa, desenvolvida no período de maio a junho de 2017, utilizando-se como instrumento a entrevista semi-estruturada, aplicada em seis (06) enfermeiras. Pautou-se na técnica de análise de conteúdo, quando se tem um aprofundamento dos significados a partir da análise de quem se propõe a compartilhar ações do cotidiano (GERHARDT; SILVEIRA, 2009). Resultados: Na análise do conteúdo emergiram quatro categorias temáticas: construção de habilidade do ACS por meio da educação permanente; quem educa também se atualiza; dificuldades em promover a Educação Permanente aos ACS; estratégias¬ de ensino e eficácia no aprendizado. Conclusão: O estudo possibilitou conhecer as estratégias de Educação Permanente desenvolvidas pelo enfermeiro, no qual as práticas educativas contribuem para o trabalho dos ACS, ampliando as possibilidades para o desenvolvimento de competências frente ao indivíduo, família e comunidade. Contribuições para a Enfermagem. Incentivar no campo de atuação do enfermeiro na ESF, a desenvolver estratégias focadas nas necessidades dos ACS, mesmo diante das dificuldades, proporcionando mudanças necessárias para o melhor desempenho profissional de educação em saúde. Descritores: Educação Permanente. Papel do Profissional de Enfermagem. Agente Comunitário de Saúde.


Referências:
Referências. BARTH, P. O. et al. Educação permanente em saúde: concepções e práticas de enfermeiros de unidades básicas de saúde. Revista Eletrônica de Enfermagem, v. 16, n. 3, p. 604-11, 2014. GERHARDT, T. E.; SILVEIRA, D. T. Métodos de pesquisa. Rio Grande do Sul, 2009. SANTOS, Luciana P. G. Soares, et al. O Agente Comunitário de Saúde: possibilidades e limites para a promoção da saúde. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 44, n. 1, p. 76-83, 2010.