Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 182


182

Elementos norteadores dos cuidados à pessoa com hipertensão e diabetes ancorados na Teoria de Orem

Autores:
Francieli Aparecida de Oliveir (fran1mg2@gmail.com) (Universidade do Estado da Bahia-UNEB) ; Angela de Souza Cajuhi (Universidade do Estado da Bahia-UNEB) ; Andre Emanuel Dantas Merces (Universidade do Estado da Bahia-UNEB) ; Rudval Souza da Silva (Universidade do Estado da Bahia-UNEB) ; Ana Raquel Lima Peralva de Almeida (Universidade do Estado da Bahia-UNEB) ; Gilvânia Patrícia do Nascimento Paixão (Universidade do Estado da Bahia-UNEB)

Resumo:
A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) e o Diabetes Mellitus (DM) são condições clínicas que têm contribuído para altos índices de morbimortalidades da população mundial(1,2) o que requer maior atenção da enfermeira nos cuidados a pessoa com HAS e DM no contexto da atenção básica. O estudo tem por objetivo identificar diagnósticos (DE) e intervenções (IE) de enfermagem ancorados na Teoria do Déficit Autocuidado de Orem(2) para o planejamento dos cuidados à pessoa com HAS e DM. Estudo realizado em três etapas. A primeira foi uma revisão integrativa realizada com publicações das bases LILACS, Scopus e PubMed. Inicialmente 518 artigos, reduzidos para 124 publicações após análise dos títulos e resumos e em seguida para 18 artigos após aplicados os critérios de inclusão, resultando numa amostra de 10 artigos. Na segunda etapa foram identificados os focos de atenção da Enfermagem, os DE e as IE e por último, tais elementos forma classificados segundo o aporte teórico. Das 10 publicações analisadas foram identificados 63 focos de atenção, 91 DE e 77 IE, as quais foram classificadas segundo o referencial teórico(3,4): Capacidades para o autocuidado (17 DE e 15 IE); Ações de autocuidado (16 DE e 10 IE); Demandas de autocuidado (22 DE e 17 IE); Déficit de autocuidado (20 DE e 20 IE); Capacitação em enfermagem (16 DE e 15 IE). O estudo evidenciou focos de atenção e ações a subsidiarem o pensamento e julgamento clínicos em resposta ao déficit de autocuidado da pessoa com DM e/ou HAS. Descritores: Processos de Enfermagem; Hipertensão; Diabetes Mellitus; Atenção Primária à Saúde.


Referências:
1. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica: diabetes mellitus. Brasília: Ministério da Saúde; 2013. 2. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica: hipertensão arterial sistêmica. Brasília: Ministério da Saúde; 2013. 3. Tomey AM, Alligood MR. Teóricas de Enfermagem e a sua Obra: modelos e Teorias de Enfermagem. 5. ed. Loures (PT): Lusociência; 2004. 4. Garcia TR. (Org.). CIPE®: aplicada a realidade brasileira. Porto Alegre - RS: Artmed; 2015.