Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 215


215

VIOLÊNCIA: ABORDAGEM, ATUAÇÃO E EDUCAÇÃO EM ENFERMAGEM

Autores:
Marieta Cardoso Gonçalves (marieta_cardoso@unit.br) (Universidade Tiradentes) ; Diana Cavalcante Martins (Universidade Tiradentes) ; Juliana de Oliveira Musse Silva (Universidade Tiradentes) ; Maria da Pureza Ramos de Santa Rosa (Universidade Tiradentes) ; Osmundo José Oliveira de Gois (Universidade Tiradentes) ; Rebecca Maria Oliveira de Góis (Universidade Tiradentes)

Resumo:
Introdução: O enfermeiro frequentemente entra em contato com as vítimas de violência, entretanto nem sempre esses profissionais estão preparados para prestação da assistência para as vítimas. Objetivo: A presente pesquisa teve como objetivo principal avaliar como o tema violência está inserido nos currículos de ensino superior em enfermagem. Metodologia: Trata-se de uma análise documental e revisão sistemática da literatura, exploratória, com a abordagem qualitativa. Foram avaliados Projetos Pedagógicos de Curso (PPC), disponíveis na internet, de alguns cursos de graduação em Enfermagem no Nordeste do Brasil, e artigos científicos provenientes de pesquisas nacionais, publicados nos últimos 9 anos (2008-2017). Resultados: A participação dos enfermeiros na identificação de vítimas favorece o planejamento de estratégias de superação da violência e a implantação de políticas de saúde pública voltadas a esse propósito. Entretanto em pesquisas, a maioria dos profissionais de saúde afirma ter tido pouco contato com o tema em sua graduação. Ao analisar 27 PPCS disponíveis integralmente pela internet, apenas 17 contemplavam a temática violência, principalmente nas disciplinas de saúde pública, saúde da criança e saúde da mulher. Conclusões: os estudos mostram que os cursos de graduação abordam superficialmente ou não comtemplam conteúdo específicos referente a problemática. Implicações para a Enfermagem: A presente pesquisa possibilitou uma reflexão sobre a formação e o papel do enfermeiro como agente transformador no enfrentamento da violência. Palavras - chave: Enfermagem; Graduação; Violência


Referências:
ROCHA, B.D. et al. Violence against women: perceptions of nursing students´ about the focus on the formation. Invest. Educ. Enferm. v. 33, n. 2, p. 260-268, 2015. ZANATTA, E. A. et al.; Violência no Âmbito da Formação em Saúde: Estudo Bibliométrico. Revista saúde - UNG on line, Guarulhos, v. 9, n. 3-4, 2015.