Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 278


278

REDE DE ATENÇÃO EM SAÚDE: O ENVOLVIMENTO DA FAMÍLIA NO PROCESSO DE CUIDADO EM SAÚDE

Autores:
Francisco Jadson Silva Bandeira (jadsonsi_bandeira@hotmail.com) (UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ) ; Lúcia Hisako Takase Gonçalves (UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ)

Resumo:
INTRODUÇÃO: A atenção precisa ter como foco a família, reconhecendo dentro de um contexto e de uma dinâmica, o usuário e seus familiares no processo de avaliar e responder as necessidades de saúde de todos os seus integrantes, assim como o desenvolvimento de ações pelos profissionais de saúde de acordo com as competências culturais para existir diálogo, entre os diversos grupos populacionais do território, cada qual com suas características. OBJETIVO: Identificar e destacar a importância e o envolvimento da família no processo de cuidado em saúde na construção das Redes de Atenção. METODOLOGIA: pesquisa qualitativa. Entrevistaram-se 23 especialistas em gestão de Atenção Primária em Saúde, atuantes em uma região de saúde, utilizando roteiro semiestruturado. RESULTADOS: As falas evidenciaram a responsabilização da família diante do processo de cuidado, e o atributo da atenção à saúde centrada no indivíduo na família e na comunidade foi destacado por grande parte dos profissionais, caracterizando o significante papel da família e da comunidade na relação de agregá-las na composição da rede de atenção, CONCLUSÃO: Os profissionais identificam a importância da família e da comunidade no processo de integração do cuidado, da assistência e do controle aos usuários, relacionando todos os aspectos do usuário a sua família e ao ambiente em que vive e recebe atenção de saúde, bem como responsabilizá-lo pelo autocuidado. CONTRIBUIÇÕES PARA ENFERMAGEM: A integração e construção de vínculos fortes e com responsabilidade do usuário, sua família e ao ambiente em que vive para continuidade ao cuidado no processo de funcionamento da Rede de Atenção a Saúde. Descritores: Atenção à Saúde; Atenção Primária de Saúde; Política de Saúde; Enfermagem.


Referências:
Soranz D, Pinto LF, Penna GO. Eixos e a reforma dos cuidados em atenção primária em saúde (RCA PS) na cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Ciênc saúde coletiva. 2016;21(5):1327-38. doi: http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232015215.01022016. Fausto MCR, Giovanella L, Mendonça MHM, Seidl H, Gagno J. The position of the family health strategy in the health care system under the perspective of the PMAQ-AB participating teams and users. Saúde debate. 2014;38(spe):13-33. doi: http://dx.doi.org/10.5935/0103-1104.2014S003. Melo DF, Criscuolo MBR, Viegas SMF. Reference and counter-reference in everyday health care in Minas Gerais, Brazil: the support to decisions of primary care. Rev pesqui cuid fundam (Online). 2016;8(4):4986-95. doi: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2016.v8i4.4986-4995.