Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 376


376

O empoderamento do enfermeiro obstetra na assistência a partos domiciliares planejados: revisão de literatura

Autores:
Carla Bomfim Silva (carlabomfim26@hotmail.com) (Centro Universitário Tiradentes - UNIT) ; Haniel Davidson da Silva Guedes (Centro Universitário Tiradentes - UNIT) ; Layanne Almeida Cezário (Centro Universitário Tiradentes - UNIT) ; Marge Rufino Nascimento da Silva (Centro Universitário Tiradentes - UNIT) ; Raphaela Martins Souza (Centro Universitário Tiradentes - UNIT) ; Luciana de Melo Mota (Centro Universitário Tiradentes - UNIT)

Resumo:
INTRODUÇÃO: Com a institucionalização, o nascimento tornou-se um processo técnico e sem nenhuma afetividade. Diante desse contexto, emerge o parto domiciliar planejado enquanto instrumento relevante na promoção e humanização da assistência ao parto e nascimento. Tendo em vista que a parturiente deve ser acompanhada por profissionais devidamente capacitados, os enfermeiros vêm cada vez mais conquistando seu espaço na assistência ao parto domiciliar. OBJETIVO: O presente estudo objetiva enfatizar a atuação e autonomia do enfermeiro obstetra no parto domiciliar planejado em gestação de baixo risco. METODOLOGIA: Trata-se de uma pesquisa qualitativa de abordagem descritiva acerca da autonomia do enfermeiro obstetra na assistência ao parto domiciliar planejado, realizada através de artigos coletados nos bancos de dados online: SCIELO e PubMed. RESULTADOS: Os estudos constatam o empoderamento da enfermagem obstétrica na assistência ao parto humanizado a domicilio para gestações de baixo risco, onde foi visualizado a diminuição da morbimortalidade materna e perinatal, como a diminuição de cesariana. O enfermeiro pode atuar com independência e autonomia na condução do parto domiciliar, empoderando-se de suas atribuições. CONCLUSÃO: Considera-se o parto domiciliar como uma opção adequada, sendo o enfermeiro obstetra um profissional indicado para acompanhar esse processo, proporcionando uma assistência humanizada respaldada no conhecimento técnico-científico. DESCRITORES: Enfermagem Obstétrica, Parto domiciliar, Autonomia Profissional.


Referências:
VILLAR, José et. al. Maternal and neonatal individual risks and benefits associated with caesarean delivery: multicentre prospective study. British Medical Journal. v. 335, n. 7628, p. 1025, Nov. 2007. Disponível em:. Acesso em: 16 Jul. 2017. WINCK, Daniela Ries; BRÜGGEMANN Odaléa Maria. Responsabilidade legal do enfermeiro em obstetrícia. Revista Brasileira de Enfermagem. Brasília, v. 63, n. 3, p.464-469, Maio/Jun, 2010. Disponível em: . Acesso em: 16 Jul. 2017.