Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 417


417

LIGA ACADÊMICA DE ENFERMAGEM EM SAÚDE DO IDOSO (LAESI) E AS CONTRIBUIÇÕES PARA A GERONTOLOGIA

Autores:
Dayara de Nazaré Rosa de Carvalho (dayara_twain@hotmail.com) (FACULDADE PARAENSE DE ENSINO - FAPEN) ; Jaqueline Vieira Magalhães Dias (FACULDADE PAN AMAZÔNICA - FAPAN) ; Eliane Maria Pastana Sampaio (FACULDADE PARAENSE DE ENSINO - FAPEN) ; Ivete Andrade Carvalho (FACULDADE PARAENSE DE ENSINO - FAPEN) ; Elisa da Silva Feitosa (FACULDADE PAN AMAZÔNICA - FAPAN) ; Viviane Ferraz Ferreira de Aguiar (UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ - UFPA)

Resumo:
INTRODUÇÃO: A Liga Acadêmica de Enfermagem em Saúde do Idoso (LAESI), contribui na formação de discentes do curso de Enfermagem permitindo a integração da teoria e prática dos temas relacionados ao envelhecimento humano, articulando os conteúdos desenvolvidos no projeto político-pedagógico do curso de Graduação em Bacharelado de Enfermagem. OBJETIVO: Relatar uma experiência vivenciada em relação a implantação da Liga Acadêmica de Enfermagem em Saúde do Idos (LAESI) durante dois anos de atividades, bem como seu papel na formação acadêmica. METODOLOGIA: Trata-se de estudo descritivo com abordagem qualitativa, realizado com discentes do curso de Bacharelado em Enfermagem de diversas Instituições de Ensino Superior (IES), localizadas no município de Belém - Pará, no período de janeiro de 2015 à março de 2017. RESULTADOS: Observou-se o aumento do interesse por temas relacionados com o envelhecimento pelos discentes, bem como o conhecimento adquirido durante as aulas da liga e a interação entre discente e o idoso, favorecendo mudanças nos paradigmas, até então estabelecidos. CONCLUSÕES: A extensão universitária implica na formação do aluno, professor e sociedade. É notório que o contato com o idoso, além de proporcionar conhecimento prático-científico é também capaz de influenciar os valores de cada um, muitas vezes, desmistificando preconceitos acerca do envelhecimento e conseqüentemente melhorando a qualidade da assistência prestada a essa população, contribuindo assim para a promoção da qualidade de vida dos idosos. CONTRIBUIÇÕES PARA ENFERMAGEM: As iniciativas acadêmicas, como a proposta pela LAESI, são atividades importantes para complementar a formação profissional ainda na academia. Atividades deste tipo possibilitam a formação de recursos humanos empenhados em prestar uma assistência de saúde adequada e qualificada aos idosos, levando sempre em consideração as alterações fisiológicas, socioeconômicas e emocionais do processo de envelhecimento.


Referências:
1. Montanholi LL, Tavares DMS, Oliveira GR, Simões ALA. Ensino sobre idoso e gerontologia: visão do discente de enfermagem no Estado de Minas Gerais. Texto Contexto Enferm. 2006 2. Neri AL. Atitudes em relação à velhice. Evidências da pesquisa brasileira. Gerontologia. 1997 3. VIEIRA, M. G. O. Velhice e espiritualidade: reflexões sobre as transformações do envelhecer. 2009.