Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 557


557

ATIVIDADE EDUCATIVA PARA A PROMOÇÃO, PREVENÇÃO E TRATAMENTO DA GONORREIA

Autores:
Jomara Galvão da Silva (jogalvao@outlook.com) (CESUPA) ; Hilda Helena Moraes Tilmann (CESUPA) ; Karina Silva Araujo (CESUPA) ; João Pedro Pinheiro Nunes (CESUPA) ; Layne Vivian de Oliveira Silva (CESUPA) ; Rosangela de Nazaré dos Santos Nascimento (CESUPA)

Resumo:
ATIVIDADE EDUCATIVA PARA A PROMOÇÃO, PREVENÇÃO E TRATAMENTO DA GONORREIA INTRODUÇÃO: Gonorreia é doença infecciosa do trato urogenital, bacteriana, transmitida quase que exclusivamente por contato sexual ou perinatal. Trata-se de afecção de manifestações clínicas, variando desde a ausência total de sintomas até a ocorrência de salpingite aguda, uma das causas mais comuns de infertilidade feminina no mundo.OBJETIVO: Abordar o tema Gonorreia, enfatizando seus modos de prevenção, transmissão e tratamento; enfatizar a importância do uso do preservativo como modo de prevenção; avaliar o nível de informação no ensino médio de uma escola pública.METODOLOGIA: Trata-se uma pesquisa quantitativa realizada com alunos do primeiro ano do Ensino Médio de uma escola estadual em Belém-Pa. Realizou-se uma pesquisa através da aplicação de um questionário.RESULTADOS: Foram entrevistados 31 alunos. Destes, 61% do sexo masculino e 38% do sexo feminino. Dos entrevistados, 90% tinham entre 15 a 17 anos, 6% tinham entre 13 a 14 anos e 3% tinham entre 18 a 20 anos. 83% dos entrevistados tinha conhecimento sobre o assunto, destes 83%, 35% obtiveram conhecimento sobre o assunto na escola, 19% na TV e 28% obtiveram conhecimento em casa ou na internet. 97% dos entrevistados sabiam dos métodos de prevenção e transmissão, e todos concordaram que é importante palestras abordando o assunto em escolas. Curiosamente, apenas 16% das pessoas entrevistadas não sabiam que a Gonorreia tem cura e 77% sabiam identificar manifestações clínicas da patologia.CONCLUSÃO: A vida sexual está iniciando-se em idade precoce, portanto a educação sexual é importante na vida de adolescentes e jovens. A ação educativa procurou abordar o tema para maior ensinamento e interação. Com o presente estudo foi possível expor o conhecimento adquirido sobre Gonorreia, mostrando que a patologia tem forma de transmissão bem definida e só é transmitida através de ações humanas, pois, é uma doença evitável e controlável.


Referências:
-AFONSO, Maria Lúcia M. A polêmica sobre adolescência e sexualidade. Belo Horizonte: UFMG, 1997. (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação. Universidade Federal de Minas Gerais. -BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Programa Nacional de DST e Aids. Manual de Controle das Doenças Sexualmente Transmissíveis/Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Programa Nacional de DST e Aids. Brasília: Ministério da Saúde. 2010. CENTERS FOR DISEASE CONTROL AND PREVENTION. Sexually Transmitted Diseases, Treatment Guidelines, 2010. Atlanta: CDC, 2010. Disponível em: . Acesso em: 15 de fev. de 2017