Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 562


562

A Enfermagem no Campo da Saúde Mental: O Ensino Mediado por Metodologia Ativa

Autores:
José Carlos Lima de Campos (jocalima@gmail.com) (Enfermeiro do Instituto de Psiquiatria da UFRJ/Mestre em Enfermagem/Professor do Curso de Graduação em Medicina do UNIFESO) ; Leiliana Maria Rodrigues dos Santos (Enfermeira Especialista/ Enfermeira do CAPS Torquato Neto - SMS/RJ) ; Maria Paula Cerqueira Gomes (Professora Associado do Instituto de Psiquiatria da UFRJ/ Coordenadora do Programa de Residencia Multiprofissional em Saúde Mental do IPUB/UFRJ)

Resumo:
Introdução: O objetivo é discutir a experiência de docentes na aplicação de metodologia ativa(1) no ensino da Enfermagem em Saúde Mental em uma disciplina do Curso de Residência Multiprofissional em Saúde Mental do Instituto de Psiquiatria da UFRJ para residentes de quatro áreas profissionais, a saber: enfermagem, psicologia, terapia ocupacional e serviço social. Método: Trata-se de um relato de experiência vivenciada pelos docentes ao ministrar a disciplina no segundo semestre de 2016. Resultados: A disciplina foi iniciada com a abertura de uma situação-problema e posteriormente com sessões de processamentos, fechamento e avaliação, sendo mediada pela problematização(2). Na experiência analisada os residentes abriram questões de aprendizagem a partir da discussão da situação-problema e nos encontros subsequentes foi discutido o conteúdo bibliográfico resultante da busca ativa dos residentes. Após a apropriação de alguns conceitos teóricos sobre enfermagem e enfermagem em saúde mental e por entender que a teoria não se dissocia da prática os residentes foram inseridos no contexto de uma enfermaria psiquiátrica de internação de agudos para vivenciar o que denominados como "manhã de enfermeiro". Todas as ações de enfermagem foram direcionadas aos residentes, independente de sua categoria profissional. Facilitaram a imersão no mundo do trabalho da enfermagem a equipe de plantão, alguns preceptores de campo e docentes da disciplina. Conclusão: A estratégia de ensino adotada facilita o aprendizado e empodera a enfermagem mediante a valorização e reconhecimento do trabalho que é desenvolvido pelos profissionais de enfermagem em saúde mental. Contribuições: A experiência contribui para destacar estratégias de ensino e aprendizagem para a formação em saúde, para a valorização da enfermagem e para o enfrentamento de situações no contexto assistencial. Palavras-Chave: Empoderamento, Aprendizagem Baseada em Problemas, Enfermagem, Saúde Mental


Referências:
1. Mitre SM et al. Metodologias ativas de ensino-aprendizagem na formação profissional em saúde: debates atuais. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2008 ; 13(2): 2133-2144. Disponível em: http://www.scielosp.org/pdf/csc/v13s2/v13s2a18.pdf 2. Berbel NN. A problematização e a aprendizagem baseada em problemas: diferentes termos ou diferentes caminhos? Interface - Comunicação, Saúde, Educação [online]. 1998; 2(2): 139-154. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/icse/v2n2/08.pdf