Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 639


639

Conhecimentos das avós: suporte ou contenção ao aleitamento materno?

Autores:
Luciana Pedrosa Leal (lucianapleal@hotmail.com) (Enfermeira. Doutora em Nutrição. Professora Adjunto do Departamento de Enfermagem e Docente permanente do PPG em Enfermagem do CCS da Universidade Federal de Pernambuco.) ; Bárbara Helena de Brito Angelo (Enfermeira. Doutoranda do PPG em Enfermagem do CCS da Universidade Federal de Pernambuco) ; Gabriela Cunha Schechtman Sette (Enfermeira. Doutora em Saúde da Criança e do Adolescente. Professora Adjunto do Departamento de Enfermagem do CCS da Universidade Federal de Pernambuco) ; Cleide Maria Pontes (Enfermeira. Doutora em Nutrição. Professora Titular do Departamento de Enfermagem e Docente permanente do PPG em Enfermagem do CCS da Universidade Federal de Pernambuco.)

Resumo:
Conhecimentos das avós: suporte ou contenção ao aleitamento materno? INTRODUÇÃO: As avós podem influenciar na manutenção ou não da amamentação, de acordo com as informações repassadas entre gerações. OBJETIVO: Avaliar os conhecimentos das avós relacionados ao suporte ou contenção ao aleitamento materno. MÉTODO: Metassíntese realizada nas bases de dados MEDLINE, SCOPUS, CUIDEN, LILACS, BDENF e na biblioteca SciELO, utilizando os descritores "aleitamento materno", "avós", "pesquisa qualitativa" e "CAP". Na avaliação crítica dos artigos empregou-se o Consolidated criteria for reporting qualitative research. Nove artigos compuseram a amostra. RESULTADOS: Avós afirmam a necessidade de dieta especial e hidratação para produzir leite de qualidade e em quantidade adequada; reconhecem o aleitamento materno como alimentação natural e propício ao vínculo entre mãe e filho; identificam os benefícios da amamentação e condutas para tratar intercorrências mamárias. Por outro lado, acreditam que o leite materno é insuficiente às necessidades do lactante e que precisa ser complementado com outros alimentos, chás e água. CONCLUSÃO: As avós, pela transmissão de seus conhecimentos adequados e comprovados cientificamente, agem no suporte à amamentação, mas podem ter ação de contenção, com opiniões e orientações favoráveis ao desmame precoce. CONTRIBUIÇÕES PARA A ENFERMAGEM: Os resultados evidenciam a necessidade de inserir as avós nas atividades de educação em saúde na promoção do aleitamento materno realizadas pelo enfermeiro. Descritores: Conhecimento; Avós; Aleitamento materno


Referências:
1- Wilhelm et al., 2015. A vivência da amamentação na ótica de mulheres: contribuições para a enfermagem. Rev Enferm UFSM 2015 jan/mar; 5(1):160-168. 2- Angelo BHB, Pontes CM, Leal LP, Gomes MS, Silva TA, Vasconcelos MGL. Práticas de apoio das avós à amamentação: revisão integrativa. Rev. Bras. Saude Mater. Infant. [Internet]. 2015 [acesso em 13 fev 2017]; 15 (2): 161-170. 3- Sanicola L. As dinâmicas de rede e o trabalho social. 2nd ed. São Paulo: Veras Editora; 2015. 338p.