Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 682


682

AVALIAÇÃO DA DURABILIDADE DE SUPERFÍCIES DE SUPORTE UTILIZADAS NA PREVENÇÃO DE LESÃO POR PRESSÃO

Autores:
Maria Helena Barbosa (mhelena331@hotmail.com) (Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM) ; Taciana Cunha Arantes (Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM) ; Karoline Faria de Oliveira (Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM) ; Diego Augusto Costa Alves (Universidade Federal de Uberlândia - UFU) ; Cleudmar Amaral de Araújo (Universidade Federal de Uberlândia - UFU)

Resumo:
Introdução: Superfícies de suporte visam a redistribuição da pressão das estruturas corporais, principalmente das proeminências ósseas, com a finalidade de reduzir a ocorrência de lesão por pressão(1). Objetivo: avaliar superfícies de suporte utilizadas para prevenção de lesões por posicionamentos cirúrgico quanto a durabilidade. Metodologia: pesquisa experimental laboratorial,na qual foram realizados ensaios mecânicos relacionados à durabilidade dos materiais (deformação permanente à compressão e resistência à fadiga). Foram avaliadas três amostras das superfícies de suporte polímero visco elástico, espuma vinílica acetinada, espuma soft e espuma selada. Foram utilizadas as normas ASTM D 395-97, ABNT NBR 8797 e ABNT NBR 9177. As variáveis foram analisadas por meio de medidas descritivas. A presente investigação faz parte de pesquisa maior (CAAE 48855615.6.0000.5154). Resultados: Observou-se menor deformação do polímero viscoelástico, 1,70%. A espuma selada e soft apresentaram deformações médias de 2,59% e 5,94%, respectivamente. A espuma vinílica acetinada apresentou maior valor de deformação, 47,08%, sendo excluída do teste de fadiga. Em relação à perda de força de indentação no teste de fadiga, o polímero viscoelástico não apresentou perda de força de indentação às compressões de 40% e 65%. As espumas selada e soft apresentaram perda de força de indentação semelhantes. Conclusão: O polímero viscoelástico apresentou maior durabilidade, seguido das espumas selada e soft, que apresentaram durabilidades semelhantes. Contribuições: Esses achados trazem evidências para a realização de futuras pesquisas com foco na manufatura de novos produtos com foco na segurança do paciente. Descritores: enfermagem perioperatória; estresse mecânico; posicionamento do paciente.


Referências:
Apoio: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) - Projeto PGTPA 59/2014 e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico(CNPq).