Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 691


691

LUDOTERAPIA E FORMAÇÃO EM ENFERMAGEM: CONTRIBUIÇÕES PARA A PRÁTICA PROFISSIONAL

Autores:
Maria Vitoria dos Santos da Conceição (vitoriatlc2012@hotmail.com) (Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas) ; Amanda Cavalcante de Macêdo (Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas) ; Joyce dos Santos Barros (Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas) ; Vitória Rejane de Lira Ferreira (Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas) ; Larissa Caina Barbosa de Azarias (Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas) ; Laudivania Claudio de Andrade (Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas)

Resumo:
INTRODUÇÃO: o brincar funciona como um instrumento de intervenção e forma de comunicação, no momento em que permite resgatar a singularidade de cada criança. Os profissionais devem estar atentos ao fato de o hospital ser potencialmente um espaço estimulador, que procurem analisar como isso está afetando o desenvolvimento da criança e que conduzam tal processo da maneira menos traumática e mais saudável possível.1 OBJETIVO: relatar a experiência de acadêmicos de enfermagem na brinquedoteca da pediatria de um hospital público. METODOLOGIA: relato de experiência realizado por discente de enfermagem de uma instituição pública de ensino superior e membro do Projeto Acolher, durante o ano de 2016 numa brinquedoteca da internação pediátrica no cenário hospitalar. RESULTADOS: a cada encontro com as crianças na brinquedoteca os acadêmicos se deparavam com a chance de potencializar o raciocínio crítico, trabalhar a empatia, a humanização ao atendimento, permite perceber a comunicação verbal e não-verbal transmitidas pelas crianças. Foi notório, que esse contato proporcionado por esse projeto apresenta ao futuro profissional uma visão ampla e estimuladora ao cuidado infantil. CONCLUSÃO: a experiência na brinquedoteca interfere na conduta do discente a assistência e estimula a comunicação e toque terapêutico. CONTRIBUIÇÕES PARA ENFERMAGEM: a formação de futuros enfermeiros pautada em aspectos que trabalhem suas características humanas é fundamental para o respeito a singularidade de cada paciente. DESCRITORES: Ludoterapia, Estudantes de Enfermagem, Enfermagem Pediátrica.


Referências:
1 OLIVEIRA, RR. A brinquedoteca no contexto hospitalar pediátrico: o cotidiano da enfermagem. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Escola de Enfermagem Anna Nery, Rio de Janeiro, 2012.