Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 906


906

CONHECIMENTOS E HABILIDADES DO ENFERMEIRO NA ASSISTÊNCIA AO PACIENTE COM DIAGNÓSTICO DE VARICELA

Autores:
Aline Ciabotti Dias (alineciabotti@hotmail.com) (Universidade Federal do Triângulo Mineiro) ; Camila de Assunção Peixoto (Universidade Federal do Triângulo Mineiro) ; Leiner Resende Rodrigues (Universidade Federal do Triângulo Mineiro) ; Lidieine Gonçalves Kataguire (Universidade Federal do Triângulo Mineiro) ; Sybelle de Souza Castro (Universidade Federal do Triângulo Mineiro)

Resumo:
Introdução: A varicela é uma das doenças infecciosas mais comuns no mundo, sendo registrados anualmente aproximadamente 140 milhões de casos. ¹ A infecção por varicela quando não tratada pode levar à complicações potencialmente graves, que requer hospitalização, complicações a longo prazo e até a morte.² Assim, um cuidado de enfermagem adequado e seguro, exige a otimização de ações e principalmente a atualização contínua do enfermeiro.³ Objetivo: Descrever a percepção de enfermeiros sobre a necessidade de conhecimentos e habilidades no cuidado de pacientes hospitalizados por varicela. Descrição Metodológica: Relato de experiência, realizado no mês de maio de 2017, com enfermeiras de um serviço terciário de saúde do município de Uberaba-MG, que já prestaram assistência à pacientes com varicela. Resultados: Todos os enfermeiros relataram que é importante estar se atualizando e ter conhecimentos e habilidades específicas, que auxiliarão na tomada de decisões e no manejo adequado de pacientes com varicela. Dentre estes conhecimentos/habilidades destacam-se: reconhecimento de sinais e sintomas; tipo de transmissão e precaução a ser adotada; terapêutica; higienização e cuidados com as lesões; manejo da dor e de potenciais complicações; importância da realização da notificação compulsória; verificação do esquema vacinal e administração de imunoglobulina nos pacientes e contatos; orientações aos acompanhantes e a equipe de saúde. Destaca-se também que a falta de conhecimento da equipe de enfermagem e de profissionais responsáveis pelo acolhimento destes pacientes, levam a falha na terapêutica e principalmente a subnotificação da doença. Conclusão: O conhecimento e habilidade do enfermeiro no serviço terciário de saúde, contribui para a otimização do cuidado ao paciente com varicela e consequentemente na redução de sequela e óbitos. Ademais a notificação da doença permite o seu controle pelas autoridades sanitárias. Implicações para Enfermagem: Enfermeiros qualificados contribuem na garantia de uma assistência efetiva e segura a pacientes hospitalizados por doenças infecto contagiosas.


Referências:
1.BOZZOLA, Elena; BOZZOLA, Mauro. Complicações e imunização universal contra a varicela. J. Pediatr. (Rio J.), Porto Alegre , v. 92, n. 4, p. 328-330, ago. 2016. 2. MOTA, Alessandra de Martino; CARVALHO-COSTA, Filipe Anibal. Óbitos e internações relacionados ao vírus varicela-zoster antes da introdução da vacinação universal com a vacina tetravalente. J. Pediatr. (Rio J.), Porto Alegre , v. 92, n. 4, p. 361-366, Aug. 2016 . 3. MELO, Talita de Oliveira; LIMA, Antônio Fernandes Costa. Cost of nursing most frequent procedures performed on severely burned patients. Rev. Bras. Enferm., Brasília , v. 70, n. 3, p. 481-488, June 2017.