Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 965


965

Contribuições do estágio em saúde mental para formação de acadêmicos de enfermagem

Autores:
Arielle Cecile da Silva Firmino (ariellecsfirmino@hotmail.com) (Universidade Federal de Pernambuco) ; Vitória Lúcia da Silva (Universidade Federal de Pernambuco) ; Viviany Maria Ferreira Cavalcanti (Universidade Federal de Pernambuco) ; Cândida Maria Rodrigues dos Santos (Universidade Federal de Pernambuco)

Resumo:
Introdução: A política de saúde mental visa reestruturar a assistência ao paciente psiquiátrico buscando garantir seus direitos, autonomia e cidadania através da melhora na qualidade do atendimento multiprofissional. Portanto, a assistência de enfermagem deve estar pautada no novo modelo de atenção psicossocial que atende aos pressupostos da reforma psiquiátrica¹. Objetivo: Relatar a percepção de estudantes de enfermagem na vivência prática com pacientes psiquiátricos como contribuição para a formação acadêmica. Metodologia: Estudo descritivo, do tipo relato de experiência, realizado durante a prática acadêmica no Hospital Psiquiátrico público de Recife-PE, de 17 a 30 de maio de 2017. Resultados: Durante a prática foi observado a importância da relação terapêutica como instrumento de cuidado e construção de vínculo, possibilitando a interação entre acadêmicos de enfermagem e pacientes. A partir desses vínculos foram desenvolvidas oficinas para confecção de instrumentos musicais com material reciclado e expressão de sentimentos utilizando a música como recurso. As escutas individuais também foram realizadas habilitando os acadêmicos a utilizá-las não apenas como instrumento de coleta de dados, mas numa escuta centrada no sujeito que sofre. O desenvolvimento dessas atividades repercutiu positivamente para uma assistência humanizada dos acadêmicos e rompeu com o estigma e a insegurança durante a prática. Conclusão: Esta vivência proporcionou enriquecimento teórico/prático aos acadêmicos de enfermagem através das atividades executadas no hospital psiquiátrico. Contribuições para enfermagem: As práticas em saúde mental proporcionam interação do estudante de enfermagem com os pacientes psiquiátricos, contribuindo para o desenvolvimento de habilidades em relacionamentos terapêuticos e humanização/integralidade na abordagem e prestação de cuidados. Descritores: Saúde Mental; Transtornos Mentais; Hospitais Psiquiátricos.


Referências:
1. VILLELA, SC.; SCATENA, MCM. A enfermagem e o cuidar na área de saúde mental. Brasília (DF), 2004. 2. OLIVEIRA, AGB.; ALESSI, NP. O trabalho de enfermagem em saúde mental: contradições e potencialidades atuais, 2003.