Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 976


976

BOAS PRÁTICAS DE ENFERMAGEM FRENTE AOS CUIDADOS PALIATIVOS EM PEDIATRIA

Autores:
Bianca Almeida Santos (biialmeiida@hotmail.com) (Universidade Tiradentes) ; Anne Larissa Passos Lima (Universidade Tiradentes) ; Clécia Leite Santos (Universidade Tiradentes) ; Luana dos Santos (Universidade Tiradentes) ; Michelle Ribeiro Santos (Universidade Tiradentes) ; Juliana de Oliveira Musse E Silva (Universidade Tiradentes)

Resumo:
Introdução: Os cuidados paliativos são considerados a filosofia do cuidar prestada aos pacientes fora de possibilidade de cura. Estes cuidados não têm objetivo curativo, nem buscam retardar ou apressar a morte do doente, seu enfoque é a melhora da qualidade de vida através da prevenção e alívio do sofrimento pela identificação e controle da dor e outros problemas. Cuidado paliativo pediátrico é caracterizado como "assistência ativa e total do corpo, mente e espírito da criança, e a prestação de apoio à família, inclusive no período do luto. Objetivos: Identificar boas práticas de enfermagem frente aos cuidados paliativos em pediatria. Descrição metodológica: Trata-se de uma revisão integrativa da literatura. Para coleta de dados foram realizadas buscas nas bases de dados SCIELO e LILACS. Os critérios de inclusão foram: ser artigo íntegro, nos idiomas português e inglês, publicados no período de 2015 a 2016. Resultados: Os profissionais, além de serem capazes de perceber e agir frente a dor total da criança, deparam-se com a dor da família. Assim, articulam seus conhecimentos para estabelecer um projeto terapêutico singular, caracterizado por um conjunto de propostas e condutas terapêuticas, a partir disso, definir propostas e ações. Conclusão: Conclui-se que a partir de boas práticas de enfermagem frente a diagnósticos sem cura em pediatria, é de extrema importância para dar conforto tanto a família quanto a criança. Contribuições: As contribuições propõem uma reflexão profissional quanto à importância da presença do enfermeiro na assistência frente aos cuidados paliativos, assim como fortalece o desenvolvimento da pesquisa na área em questão.


Referências:
Cuidados paliativos em pediatria: um estudo reflexivo. Revista de enfermagem UFPE on line-ISSN: 1981-8963, 9(3), 7155-7160; Silva, A. F. D., Issi, H. B., Motta, M. D. G. C. D., & Botene, D. Z. D. A. (2015).