Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 1015


1015

CUSTO DE INTERNAÇÃO DE CRIANÇAS COM PNEUMONIA ASSOCIADA À VENTILAÇÃO MECÂNICA: REVISÃO INTEGRATIVA

Autores:
Carlos Henrique Ferreira Beltrame (carlao_hb@hotmail.com) (UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA) ; Amanda Beraldo Coelho (UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA) ; Rosangela Aparecida Pimenta Ferrari (UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA) ; Jaqueline Dario Capobiango (UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA) ; Gilselena Kerbauy Lopes (UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA)

Resumo:
Introdução: Crianças com pneumonia associada à ventilação mecânica representam maior necessidade de ventilação e permanência em Unidade de Terapia Intensiva, que reflete em custos hospitalares onerosos em torno de 250 a 300 mil dólares e aumento da mortalidade. Objetivo: analisar o custo de internação de crianças com pneumonia associada à ventilação mecânica. Material e métodos: Trata-se de um estudo exploratório de revisão integrativa da literatura nas bases de dados da área da saúde. Os critérios de inclusão foram os artigos publicados nos últimos 10 anos, entre 2006 e 2015, em língua portuguesa, inglesa ou espanhola. As fontes bibliográficas foram provenientes das bases de dados: Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, PUBMED, SCOPUS e ISI WEB OF KNOWLEDGE. Resultados: Os seis artigos que contemplam a temática estavam na língua inglesa, mas apenas um especificamente de custos de internações de crianças com pneumonia associada à ventilação. Os demais artigos abordaram os custos de internações de pacientes com esta pneumonia em Terapia Intensiva Adulto. Os custos hospitalares são altos em pacientes com esta infecção considerando o uso de antibióticos, sedativos, maior tempo em ventilação mecânica e prolongada estadia na Terapia Intensiva. O único estudo encontrado que analisou os custos na população pediátrica mostrou um adicional de cerca de 256 mil dólares por episódio. Em dois estudos os pacientes com esta infecção apresentaram um aumento na mortalidade hospitalar quando comparado aos pacientes sem a infecção. Considerações finais: A literatura, embora escassa, mostra um incremento dos custos hospitalares dos pacientes com pneumonia associada a ventilação mecânica, especialmente com medicações, exames radiológicos e laboratoriais, prolongada estadia em UTI, ventilação mecânica, remetendo para a necessidade de protocolos no intuito de prevenir as infecções, bem como custos hospitalares e risco de mortalidade. Descritores: Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica. Pneumonia associada à Ventilação Mecânica. Custos Hospitalares.


Referências:
ELWARD, Alexis M.; WARREN, David K.; FRASER, Victoria J. Ventilator-associated pneumonia in pediatric intensive care unit patients: risk factors and outcomes. Pediatrics, v. 109, n. 5, p. 758-764, 2002. RICHARDS, Michael J. et al. Nosocomial infections in pediatric intensive care units in the United States. Pediatrics, v. 103, n. 4, p. e39-e39, 1999. SRINIVASAN, Ramya et al. A prospective study of ventilator-associated pneumonia in children. Pediatrics, v. 123, n. 4, p. 1108-1115, 2009