Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 1023


1023

PROTOCOLO DE ENFERMAGEM PARA TELEMONITORAMENTO DE MULHERES COM EXCESSO DE PESO

Autores:
Catia Suely Palmeira (catia_palmeira@yahoo.com.br) (Universidade Federal da Bahia) ; Fernanda Carneiro Mussi (Universidade Federal da Bahia) ; Giulia Araújo Ramos (Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública) ; Natália Vieira de Jesus (Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública) ; Tassia Teles Santana de Macedo (Universidade Federal da Bahia) ; Grace Teresinha Marcon Dal Sasso (Universidade Federal de Santa Catarina)

Resumo:
Introdução: A obesidade representa uma condição crônica de saúde de etiologia complexa. A dificuldade em perder e manter o peso é grande, e o sucesso do tratamento depende de motivação e constante vigilância. Novas estratégias de cuidado são essenciais para aumentar as possibilidades de êxito. Objetivo: descrever a construção e implementação do protocolo de enfermagem para telemonitoramento de mulheres com excesso de peso. Métodos: Relato de experiência com 50 mulheres que participaram de um estudo de intervenção desenvolvido em ambulatório de referência para obesidade, em Salvador, Bahia. As etapas envolvidas no desenvolvimento do protocolo consistiram na estruturação do conteúdo teórico e definição da forma de operacionalização. Resultados: A definição do conteúdo teórico do protocolo foi norteada pelos principais guias e diretrizes do Ministério da Saúde e das Sociedades Científicas e discussão com especialistas. Elaborou-se um roteiro semanal temático para as ligações telefônicas incluindo conteúdos sobre a obesidade, suas causas e complicações, alimentação e prática de atividade física para o controle do peso. A execução do protocolo durou dez semanas, com ligações semanais agendadas, com duração de cinco minutos. Para orientar a equipe na operacionalização dos telefonemas elaborou-se um Guia para Chamada Telefônica. As informações foram oferecidas de forma flexível, proporcionando momentos para a participante esclarecer dúvidas e adicionar informações, sendo observada a compreensão dos conteúdos. As mulheres assinalaram que o monitoramento além de orientar como poderiam se cuidar melhor, ajudou a não abandonar o tratamento e resolver outros problemas de saúde. Conclusão: As mulheres expressaram que os conteúdos abordados estimularam a rever comportamentos para o controle do peso e que as interações estabelecidas promoveram o compartilhamento de saberes e experiências entre os atores envolvidos. Contribuições para enfermagem: Ações educativas com uso de telemonitoramento mostra-se uma ferramenta de apoio ao cuidado de pessoas com excesso de peso.


Referências:
PÊGO-FERNANDES, P.M; BIBAS, B.J; DEBONI, M. Obesity: the greatest epidemic of the 21st century? Sao Paulo Med J. 2011;129(5):283-4. DALE, J; CARAMLAU, I; STURT, J; FRIEDE , T; WALKER, R. Telephone peer-delivered intervention for diabetes motivation and support: The telecare exploratory RCT. Patient Education and Counseling 75 (2009) 91-98.