Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 1057


1057

Ações gerenciais de enfermagem baseadas no perfil de pacientes internados em unidade clínica

Autores:
Cristiane Helena Gallasch (cristiane.gallasch@gmail.com) (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) ; Rayane Oliveira Cedraz (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) ; Eugenio Fuentes Perez Junior (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) ; Helena Ferraz Gomes (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) ; Ronilson Guimarães Rocha (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) ; Vivian Aline Mininel (Universidade Federal de São Carlos)

Resumo:
Introdução: Ações gerenciais são parte fundamental do trabalho do enfermeiro e, como atividade privativa, devem ser baseadas em evidências científicas. Sendo uma complexas no que diz respeito à clínica, podem gerar grande impacto na assistência de enfermagem e no gerenciamento dos serviços1. Objetivos: Descrever o perfil dos pacientes internados em uma unidade de clínica médica e discutir as ações gerenciais relacionadas. Método: Trata-se de um estudo quantitativo e de caráter exploratório, realizado em um hospital universitário do Rio de Janeiro, que utilizou dados secundários obtidos por meio de prontuários e demais registros de informações dos pacientes, coletados em 2016, e analisados por meio de estatística descritiva e inferencial. Resultados: Foram analisados registros de 157 pacientes, com predomínio de mulheres; além de doenças cardiocirculatórias (43,9%) e oncológicas (35,0%) entre a amostra. Houve associação entre sexo e risco de queda, sexo e ocorrência de queda, sexo e abertura de lesão por pressão, e tempo de internação e o risco de queda. Conclusão: O enfermeiro tem papel fundamental no processo de norteamento das atividades, atualização da equipe e avaliação das intervenções, permitindo rever práticas para melhorar a qualidade da assistência, como a adequação de protocolos e criação de novos instrumentos que auxiliam na otimização do processo de trabalho de enfermagem. Implicações para a enfermagem: Aponta-se a necessidade de avaliações periódicas, pelo enfermeiro, do perfil da população assistida para manutenção da qualidade do cuidado em unidades de clínica médica, além da implementação do processo de enfermagem para facilitar processos e minimizar o risco de danos ao paciente. Palavras-chave: Enfermagem; Gerência de serviços de saúde; Avaliação de processos.


Referências:
1. Felli VEA, Peduzzi M, Leonello VM. Trabalho gerencial em enfermagem. In: Kurcgant T. Gerenciamento em enfermagem. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2014. p.21-32.