Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 1159


1159

Doença de Alzheimer: os impactos na saúde do cuidador familiar

Autores:
Gabrielle Leite Pacheco Lisbôa (gabizinha_lcpacheco@hotmail.com) (Centro Universitário Tiradentes- UNIT/AL) ; Sâmella Hackssa Araújo de Oliveira Nascimento (Centro Universitário Tiradentes - UNIT/AL)

Resumo:
Considerando a numerosa quantidade de portadores com Doença de Alzheimer (DA), a Organização Mundial de Saúde, declarou a demência como uma prioridade mundial de saúde pública, passando a ser de interesse inequívoco a realização de estudos sobre políticas públicas adotadas em saúde para os idosos e para os familiares prestadores do cuidado. Revisão narrativa da literatura realizada nas bases de dados Lilacs, Medline e Scielo, no período de 2011 a 2015, utilizando os descritores: Doença de Alzheimer, Família e Cuidadores. Teve como objetivo conhecer os impactos na saúde do cuidador familiar do idoso com doença de Alzheimer. Dos resultados emergiram 3 categorias temáticas: O cuidador familiar, Os impactos na saúde do cuidador familiar e a Relevância do assunto para a Saúde Pública. Através deste estudo foi possível concluir que os principais impactos apontados na literatura são a redução da intimidade, a deterioração na vida social, advindo da dependência do portador de DA, podendo causar sobrecarga física e emocional (ansiedade, estresse e depressão), bem como agravos financeiros. Palavras - Chave: Doença de Alzheimer, Família, Cuidadores


Referências:
Associação Brasileira de Alzheimer. Disponível em: http://abraz.org.br FIGUEIREDO, D; SOUSA, L. Percepção do estado de saúde e sobrecarga em cuidadores familiares de idosos dependentes com e sem demência. Revista Portuguesa de Saúde Pública. Vol. 26, N.01 - Janeiro/Junho 2008. FIALHO, A.V.M; FREITAS, C.H.A; JORGE, M.S.B; VIEIRA, C.P.B. Práticas do cuidador informal do idoso no domicílio. Rev. bras. enferm. vol.64 no.3 Brasília May/June 2011 XIMENES, M.A.; RICO, B.L.D.; PEDREIRA, R.Q; Doença de Alzheimer: a dependência e o cuidado. Revista Kairós Gerontologia, 17(2), pp.121-140