Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 1267


1267

SISTEMATIZAÇÃO DA ASSITÊNCIA DE ENFERMAGEM APLICADA A UMA PACIENTE COM LITÍASE RENAL: UM ESTUDO DE CASO

Autores:
Juliana de Morais Calheiros (ju.morais@outlook.com.br) (Faculdade Estácio de Alagoas) ; Arly Karolyne Albert Alves Santos (Faculdade Estácio de Alagoas) ; Ana Simone Silva do Nascimento (Faculdade Estácio de Alagoas) ; Raimunda Marcélia de Souza Cavalcante (Faculdade Estácio de Alagoas) ; Joyce Pereira de Sá (Faculdade Estácio de Alagoas) ; Linda Concita Nunes Araújo (Faculdade Estácio de Alagoas)

Resumo:
INTRODUÇÃO: A litíase renal ou urolitíase é uma massa sólida formada por pequenos cristais, que podem ser encontrados tanto nos rins quanto em qualquer outro órgão do trato urinário, sendo caracterizado como uma das doenças mais frequentes do trato urinário (WAGNER, 2015). OBJETIVO: Descrever através de um estudo de caso o plano de cuidados construído para uma paciente com litíase renal utilizando a Taxonomia da Classificação Internacional das Práticas de Enfermagem (CIPE). RESULTADOS: O plano de cuidados foi construído a partir do Sumário de Situação elaborado a partir da coleta de dados, exame físico, exames por imagem e histórico regresso e atual da doença, com diagnósticos de enfermagem, resultados esperados e as intervenções de enfermagem, a partir deste, foram desenvolvidos 06 diagnósticos iniciais. DISCUSSÃO: A partir dos dados coletados, os principais diagnósticos foram: Aumento da produção de cálculos renais, Deficiência da ingesta hídrica, Aumento da ansiedade Aumento do edema corporal e Dificuldade para aderir ao regime medicamentoso; algumas intervenções foram: Orientar quanto à ingesta hídrica de água; Apoio psicológico; Diminuir a ingestão de sódio nos alimentos, Diminuir a ingestão de bebidas alcoólicas e Seguir orientações médica e de enfermagem. CONCLUSÃO: A partir da escuta ativa sobre a história da paciente, pode ser encontrado diversas dificuldades na adesão do tratamento, como também, desconhecimento de informações importantes para um bom prognóstico da doença. CONTRIBUIÇÕES DE ENFERMAGEM: A enfermagem faz um papel fundamental nestas orientações, como também, apoio e acompanhamento para que a paciente obtenha respostas positivas no tratamento, diminuindo assim a quantidade de intervenções cirúrgicas, edemas e desconfortos.


Referências:
REFERÊNCIA: WAGNER, Eduardo Mateus. LITÍASE URINÁRIA. UNICAMP, 2015. Disponível em: http://www.fcm.unicamp.br/fcm/sites/default/files/paganex/litiase_urinaria.pdf. Acesso em 31 de maio de 2017.