Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 1271


1271

Utilização de atividades lúdicas no ensino da Assistência de Enfermagem no tratamento dos distúrbios de fígado e biliares: relato de experiência.

Autores:
Juliana Maciel Machado Paiva (julianammp@yahoo.com) (Universidade Federal da Bahia - UFBA) ; Talita Fernandes de Castro (Universidade Salvador - UNIFACS) ; Cristiane Costa Reis da Silva (Universidade Salvador - UNIFACS) ; Andresa de Freitas Santos (Universidade Salvador - UNIFACS) ; Gilberto Tadeu Reis da Silva (Universidade Federal da Bahia - UFBA)

Resumo:
Introdução: Práticas lúdicas são atividades que podem transmitir uma mensagem ou aprendizado de forma simples e eficaz. Objetivo: Descrever a vivência de discentes com a utilização de jogos lúdicos e os benefícios dos mesmos como método facilitador de ensino-aprendizagem. Metodologia: Estudo descritivo, do tipo relato de experiência. A atividade lúdica utilizada em sala foi o jogo da memória confeccionado pelo docente. O docente entregou aos grupos uma caixa contendo as perguntas relacionadas aos distúrbios de fígado e biliares e os cartões com as respostas, sendo que estes deveriam estar posicionados de maneira que a parte das respostas ficasse voltada para baixo. No início do jogo as cartas eram viradas para que o aluno pudesse memorizar a posição das respostas. Cada aluno sorteava uma pergunta e tentava lembrar qual a peça que estava com a resposta correta. Vence o jogo quem estiver com o maior número de cartões. Resultados: As atividades lúdicas são um método de aprendizado válido, que possui uma rápida compreensão da aula, e torna o processo de aprendizagem mais prazeroso. Consegue despertar o interesse dos alunos, e contribui para a construção do conhecimento. Além de ser uma ótima maneira de discussão e relacionamento com os colegas. Conclusão: os jogos lúdicos trazem motivação e entusiasmo ao discentes, estimula uma competição saudável e consequentemente incentiva a aprendizagem. Contribuições para a enfermagem: Podemos constatar que os exercícios lúdicos no ensino, se faz eficaz e pode ser considerado de grande relevância, sendo assim uma boa alternativa a ser utilizada e incentivada em Universidades pelos docentes.


Referências:
Alves, L.; M.; Maysa A.B. C. O Jogo Como Recurso De Aprendizagem. Psicopedagogia, V. 27, N. 83, P. 282-7, 2010.