Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 1488


1488

A IMPORTÂNCIA DA LIGA DE TRAUMA E EMERGÊNCIA EM ENFERMAGEM NA FORMAÇÃO DO ACADÊMICO: RELATO DE EXPERIÊNCIA

Autores:
Pedro de Moraes Quadros (pemoraess@gmail.com) (Universidade Nilton Lins (UNINILTONLINS)) ; Higor Marques de Queiroz (Centro Universitário do Norte (UNINORTE)) ; Kamila Azevedo de Oliveira (Centro Universitário do Norte (UNINORTE)) ; Janaína dos Santos Dias (Universidade Nilton Lins (UNINILTONLINS))

Resumo:
INTRODUÇÃO: O trauma é uma doença e causa um problema de saúde pública de ampla dimensão e elevação no Brasil (SBAIT, [2013?]). Cerca de 5,8 milhões de pessoas morrem anualmente em decorrência do trauma no mundo (OPAS/OMS, 2012). OBJETIVO: Relatar a experiência dos acadêmicos na Liga de Trauma e Emergência em Enfermagem (LATEENF). METODOLOGIA: Trata-se de um relato de experiência a respeito da participação acadêmica na LATEENF. RESULTADOS: A experiência aconteceu nas instalações da Escola Superior de Ciências da Saúde da Universidade do Estado do Amazonas (ESA/UEA) e em dois Hospitais e Pronto Socorros de referência da cidade de Manaus, Amazonas. A liga contou com a participação de 34 acadêmicos de distintas Instituições de Ensino Superior (IES). Tivemos como métodos de ensino, aulas teóricas e simulações em laboratórios com diversos especialistas da área, além de teleconferências com profissionais de renome. Após o nivelamento, fomos alocados nos hospitais e pronto socorros adulto e infantil, onde colocamos em prática o conhecimento obtido ao longo da graduação e das aulas da liga. CONCLUSÃO: Assim sendo, conclui-se que a LATEENF contribui de forma relevante para o desenvolvimento acadêmico dos futuros profissionais de Enfermagem. CONTRIBUIÇÕES PARA A ENFERMAGEM: As ligas acadêmicas proveem oportunidades para o discente consolidar o aprendizado teórico na prática. Descritores: Emergências. Traumas. Enfermagem.


Referências:
Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado [homepage na internet]. São Paulo, SP, [2013?]. Disponível em: . Acesso em 27 jun. 2017. Organização Pan-Americana de Saúde/Organização Mundial de Saúde (OPAS/OMS). [homepage na internet]. Brasília, DF, 2012. Disponível em: . Acesso em: 27 jun. 2017.