Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 1507


1507

A CONSTRUÇÃO DO SABER SOBRE O TABAGISMO: INTERVENÇÃO DE ENFERMAGEM

Autores:
Raquel Cordeiro Ricci (ricci_raquel@hotmail.com) (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) ; Amanda Marques Bezerra (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) ; Glauciene Cruz dos Santos (Enfermeira da Unidade de Saúde da Família, Campo Grande, MS) ; Lillian Chimenes da Silva (Enfermeira da Unidade de Saúde da Família, Campo Grande, MS) ; Joice Fernanda Novais de Lima (Enfermeira da Unidade de Saúde da Família, Campo Grande, MS) ; Andrelisa Vendrami Parra (Docente do curso de Enfermagem, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul)

Resumo:
Introdução: O Brasil ocupa o 9º lugar no ranking mundial de consumo de cigarros, representando 1,5% do consumo mundial (INCA, 2014). Assim, é importante que se produza ações educativas sobre o tema com objetivo de promoção da saúde. Objetivos: relatar a intervenção de enfermagem sobre o tabagismo em uma UBSF em Campo Grande, MS. Metodologia: trata-se de uma intervenção realizada em 2017 pelas enfermeiras e discentes do 9º período da Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. O objetivo da intervenção foi orientar a população sobre o tabagismo. Resultados: A atividade ocorreu em dois dias e está relacionada ao Dia Mundial Sem Tabaco, em que foram abordados assuntos relacionadas as consequências do consumo do tabaco, formas de tratamento e local mais próximo que oferece o tratamento. Ademais, utilizamos uma fantasia de cigarro para atrair a atenção. Houve participação dos ouvintes e relatos de pacientes que trataram e obtiveram resultado. Conclusões: A intervenção possibilitou que as populações discutissem seus questionamentos. A interação e interesse dos ouvintes durante o desenvolvimento da ação educativa, possibilitou o êxito da atividade que por meio de conversas e relatos de tratamentos se alcançou os objetivos. A educação em saúde é importante, pois há a disseminação de informações e os participantes poderao compartilhar seus conhecimentos com a família e comunidade. Contribuições para a Enfermagem: ao realizar ações educativas e utilizar metodologias participativas, o enfermeiro demonstra suas habilidades e competências na construção de novas formas de produzir saúde, através de ações individuais e coletivas voltadas à prevenção de agravos e à promoção da saúde, que influenciam na tomada de decisões em relação aos comportamentos de saúde e doença.


Referências:
BRASIL. Instituto Nacional de Câncer. Política Nacional de Controle do Tabaco. Rio de Janeiro/RJ, 2014.