Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 1523


1523

ASSISTÊNCIA À SAÚDE À PUÉRPERA PRIVADA DE LIBERDADE NO SISTEMA PRISIONAL

Autores:
Roberta Lopes Santos (rohh.lopes@hotmail.com) (Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas) ; Andreza Mayara da Silva Oliveira (Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas) ; Paula Weslânnya Porto da Silva (Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas) ; Lydia Caroline Peixoto da Rocha (Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas) ; Paula Cristina Dantas Cavalcante (Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas) ; Amanda Cavalcante de Macêdo (Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas)

Resumo:
INTRODUÇÃO: o período puerperal pode se transformar em um momento ainda mais diferenciado, como é o caso das mulheres privadas de liberdade que, logo após a alta hospitalar, voltam à penitenciária. OBJETIVO: descrever a assistência à saúde à puérpera privada de liberdade. METODOLOGIA: revisão bibliográfica realizada nos bancos de dados Scielo e Lilacs, no período entre 2010 a 2017. A realização da revisão de literatura nas bases de dados obteve um quantitativo de 18 publicações, das quais 04 foram as mais utilizadas. RESULTADOS: os trabalhos apontam as mudanças psicofisiológicas que a mulher passa nesse período1. E outros relatam a falta de orientação dessas mulheres2-3. A importância da atuação do profissional de enfermagem propondo intervenções adequadas, já que se trata de um período que tem grande influência nos aspectos psicológico, social e sexual1-3 . CONCLUSÃO: as mulheres privadas de liberdade vivem a complexa experiência do puerpério em uma condição muito peculiar, na qual os prejuízos têm grande impacto, no físico, emocional e social dessas mulheres. IMPLICAÇÕES PARA ENFERMAGEM: percebe-se que é de extrema importância a consciência do profissional no acompanhamento e acolhimento humanizado dessas mulheres, especialmente nessa fase, considerando que é o enfermeiro o responsável pelo acompanhamento pré-natal. PALAVRAS-CHAVE: Puerpério; Prisões; Cuidados de Enfermagem.


Referências:
1 Bez, Birolo; Radünz, Vera. Puerpério em ambiente prisional [dissertação]: vivência de mulheres. Florianópolis, SC, p.125, 2010. 2 Palópoli, Renata et al. Gestação e Puerpério no cárcere: Estudo descritivo da atenção à saúde. Revista Baiana de Saúde Pública, v.38, n.1, p.67-82 jan. /mar. 2014. 3 Correa, Maria et al. Acolhimento no cuidado à saúde da mulher no puerpério. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 33, n. 3, e00136215, 2017 .