Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 1581


1581

A importância do profissional enfermeiro no controle de infecções hospitalares

Autores:
Thainara de Assuncao Leones (thaihponce23@gmail.com) (ITPAC PORTO) ; Anne Caroline Dias Neves (ITPAC PORTO)

Resumo:
Conforme o Ministério da Saúde do Brasil, infecção hospitalar "é toda infecção adquirida após a admissão do paciente e que se manifeste durante a internação, ou mesmo após a alta quando relacionada a hospitalização". No Brasil são registradas cerca de 100 mil mortes por infecções hospitalares todos os anos. Estima-se que 90% das infecções hospitalares são causadas por agentes bacterianos, enquanto os outros 10% são representados por vírus, fungos e protozoários. O custo adicional em termos de hospitalização, tais como: exames propedêuticos, novos medicamentos e antibióticos; causado pelas infecções hospitalares é extremamente alto podendo multiplicar várias vezes os custos iniciais de cada tratamento. O enfermeiro possui um papel fundamental na Comissão de Controles Hospitalares (CCIH) orientando os profissionais de Saúde no que diz respeito a prevenção de infecções e contribuindo com medidas específicas para que não ocorra disseminação de micro-organismos dentro do ambiente hospitalar. O objetivo dessa revisão é salientar a importância desse profissional para reduzir os casos de infecções efetuando os protocolos de segurança e orientando os demais profissionais quanto as condutas a serem tomadas. Considerações finais: Acerca do que foi estudado destaca-se a importância do papel que o enfermeiro desenvolve na promoção de saúde e controle de infecções. Através das habilidades e competências do enfermeiro as condutas visam diminuir o número de casos infecciosos trazendo a sociedade maior qualidade na recuperação do enfermo. Embora sua participação seja indispensável é válido ressaltar que controle de infecção não se faz apenas por essa categoria, somente com envolvimento e comprometimento dos demais profissionais da saúde é possível promover saúde. Palavras chave: infecções hospitalares; controle de segurança; profissional enfermeiro


Referências:
*HUTZLER, R. U. et al. - Incidência de infecções hospitalares. Revista do hospital das clínicas. 28 (supl.), 1973. *MELLO, Carlos G. de - A coordenação das medidas preventivas contra as infecções hospitalares. Revista paulista de hospitais. 20 (9), seet, 1972. *CÓRDOVA, C.M. A comissão de controle de infecção. Enfoque. 1(4) :5-5, junho, 1973. *Fernandes AT. O Desafio da infecção hospitalar: a tecnologia invade um sistema em desequilíbrio. In: Fernandes AT, editor. Infecção hospitalar e suas interfaces na área da saúde. São Paulo: Atheneu; 2000.