Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 1609


1609

BIOSSEGURANÇA: ADESÃO AO USO DE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL POR PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM

Autores:
Vanessa Pereira Rocha (vanessarocha86@gmail.com) (COMPLEXO HOSPITALAR UNIVERSITÁRIO PROFESSOR EDGARD SANTOS) ; Andreia Santos Mendes (COMPLEXO HOSPITALAR UNIVERSITÁRIO PROFESSOR EDGARD SANTOS)

Resumo:
BIOSSEGURANÇA: ADESÃO AO USO DE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL POR PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM Vanessa Pereira Rocha Andreia Santos Mendes Introdução: A adoção de medidas de biossegurança pelos profissionais de enfermagem é imprescindível na prevenção de acidentes de trabalho e de doenças ocupacionais. Entre essas medidas destaca-se o uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI´s). Objetivo: Refletir sobre a adesão ao uso de EPI´s por profissionais de enfermagem. Metodologia: Trata-se de uma reflexão baseada nas vivências das autoras como enfermeiras na prática clínica e na análise da literatura. O levantamento bibliográfico foi coletado nas bases de dados LILACS, MEDLINE e Biblioteca Cochrane, de janeiro a junho de 2014. Resultados: Verifica-se que há baixa adesão ao uso de EPI´s pelos trabalhadores de enfermagem, expondo-os aos riscos ocupacionais, principalmente biológicos. São diversos os fatores que limitam a adesão, dentre eles a falta de valorização dos equipamentos. Considerações Finais: Apesar do conhecimento sobre as medidas de biossegurança, os trabalhadores de enfermagem, por vezes, negligenciam as normas de biossegurança. Implicações para a Enfermagem: Para despertar a conscientização, a motivação e o interesse dos profissionais de enfermagem no aumento da adesão aos EPI´s, é fundamental um processo de conscientização individual e coletiva. Descritores: Saúde do Trabalhador; Equipamentos de proteção; Enfermagem.


Referências:
Lacaz FAC. O campo Saúde do Trabalhador: resgatando conhecimentos e práticas sobre as relações trabalho-saúde. Cad saúde pública. 2007; 23(4): 757-66. Nishide VM, Benatti MCC, Alexandre NMC. Ocorrência de acidente de trabalho em uma Unidade de Terapia Intensiva. Rev latinoam enferm. 2004; 12(2): 204-11. Souza ACS, Tipple AFV, Gir E, Canini SRMS. Biossegurança: a produção científica em enfermagem. Rev gaúch enferm. 2000; 21(1): 68-8. Morais GVM. Enfermagem do Trabalho. 1.ed. São Paulo: Iátria; 2007. 192p. Silva ADRI, Mastroeni MF. Biossegurança: o conhecimento dos formandos da area da saúde. Rev baiana saúde pública. 2009; 33(4): 654-65.