Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 1649


1649

As contribuições do PET-GraduaSUS para o processo de reformulação curricular do curso de graduação em enfermagem da ESENFAR/UFAL

Autores:
Danielly Santos dos Anjos Cardoso (dananjos@yahoo.com.br) (UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS) ; Débora de Souza Santos (UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS) ; Patrícia de Carvalho Nagliate (UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS) ; Maria Cícera dos Santos de Albuquerque (UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS)

Resumo:
Introdução: O Programa de Educação pelo Trabalho para Saúde - PET, em todas as suas versões vem contribuindo com o processo de reforma curricular dos cursos da área da saúde, especialmente na enfermagem, visando uma mudança paradigmática na formação desde o Pró-Saúde1. Objetivo: compartilhar a experiência do curso de graduação em enfermagem da ESENFAR/UFAL no PETSaúde/GraduaSUS 2016-2018. Metodologia: trata-se de um relato de experiência. O PETSaúde/GraduaSUS Enfermagem tem se organizado em grupos internos de trabalho: GT campos de prática, PPP, relações interpessoais e infraestrutura de forma articulada e integrada com os demais GTs interdisciplinares compostos pelos cursos de psicologia, farmácia, medicina, serviço social e nutrição: GTs COAPES, NDE e Pesquisa e Extensão. Resultados: As principais atividades realizadas por estes grupos foram: mapeamento dos campos de prática e infraestrutura do curso; realização e instituição de eventos permanentes de avaliação do curso e seminários de boas-vindas aos calouros; apoio operacional às atividades do NDE/Enf; diagnóstico situacional do currículo/PPP; construção de projeto de pesquisa sobre a satisfação do estudante de graduação em enfermagemsobre seu processo de formação. Quanto às atividades compartilhadas com os demais cursos da área da saúde tem sido possível ampliar os espaços de discussão coletiva sobre os aspectos importantes no processo de reforma curricular e intensificar a articulação com as instâncias colegiadas da UFAL e SMS, cordenações e NDEs. Conclusão: Os principais desafios vivenciados estiveram relacionados à conciliação de horários entre os diferentes grupos envolvidos, participação da comunidade acadêmica nas atividades programadas, articulação com os institutos do ciclo básico e as diferenças próprias de cada curso envolvido. Contribuições para enfermagem: Entre os avanços e potencialidades destacam-se o engajamento dos estudantes bolsistas e voluntários com o programa o que possibilitou estreitar a articulação com o CAEnf 12 de maio, aprovar e implementar o projeto de pesquisa no edital do PPSUS 2016/2018 e fortalecer o NDE do curso. Descritores: Currículo, Educação e Enfermagem, Programas de Graduação em Enfermagem e Projetos Pedagógicos.


Referências:
Referências: 1. Ferreira JBB. et al. Reconfigurando a Interação entre Ensino, Serviço e Comunidade. Rev Bras de Educação Médica, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, SP, Brasil, 36 (1, Supl. 1) : 127-133, 2012.