Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 1678


1678

A participação do Paraná no processo de reformulação do Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem

Autores:
Simone Aparecida Peruzzo (simone.peruzzo@corenpr.gov.br) (Conselho Regional de Enfermagem do Paraná - Coren/PR) ; Karla Crozeta Figueiredo (Universidade Federal do Paraná - UFPR) ; Maria Goretti David Lopes (Conselho Regional de Enfermagem do Paraná - Coren/PR) ; Liliana Maria Labronici (Universidade Federal do Paraná - UFPR) ; Sebastião Caldeira (Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE) ; Camila Mariana Santos Silva (Universidade Federal do Paraná - UFPR)

Resumo:
A prática da Enfermagem desenvolvida nos cenários em que há relação com o outro exige dos profissionais comportamento ético. Ética é um conjunto de valores e princípios que norteiam a conduta dos seres humanos. O Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem (CEPE) passou pela segunda reformulação conduzida pelo Conselho Federal de Enfermagem (Cofen). Descreve-se o processo de reformulação do CEPE pelos enfermeiros que integraram a delegação do Conselho Regional de Enfermagem do Paraná (Coren/PR), mediante o relato de experiência. Os trabalhos foram conduzidos pela Comissão Nacional e Estadual de Reformulação do Código de Ética designadas pelo Cofen e Coren/PR. De posse do instrumento-base com propostas para novo o CEPE, elaborada pela Comissão Nacional, e após consulta à experts, a Comissão Estadual preparou o documento a ser discutido nos Fóruns Regionais de Ética em Enfermagem, nas cidades de Curitiba, Cascavel, Maringá e Londrina, de 6 a 10 de fevereiro de 2017, dos quais participaram mais de 200 profissionais. Nestes fóruns foram eleitos sete delegados, e o Plenário do Coren/PR indicou outros sete para participarem da I Conferência Nacional de Ética em Enfermagem (I CONEENF), em Brasília. As contribuições recebidas nos fóruns foram encaminhadas à Comissão Nacional e compuseram o consolidado submetido à consulta pública nacional no período de 18 de abril a 18 de maio de 2017. O documento final foi apreciado pelos delegados dos Conselhos Regionais na I CONEENF, ocorrida de 07 a 09 de junho de 2017. A Enfermagem desenvolve atividades nos espaços da política e da ciência, e o envolvimento dos profissionais contribuiu para consolidar o processo democrático de reformulação do CEPE. O novo Código trará mudanças, diante dos avanços científicos e tecnológicos, orientando condutas éticas aos profissionais de enfermagem no País. Descritores: Ética em Enfermagem, Códigos de Ética, Legislação de Enfermagem.


Referências:
1. Conselho Federal de Enfermagem. Resolução nº 311, de 08 de fevereiro de 2007. Aprova a Reformulação do Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem [Internet]. Disponível em: http://www.cofen.gov.br/index.php?s=resolu%C3%A7%C3%A3o+311%2F2007 2. Conselho Regional de Enfermagem do Paraná. Portaria nº 309, de 10 de novembro de 2016. Designa Comissão Estadual de Reformulação do Código de Ética de Enfermagem [Internet]. Disponível em: ttp://www.corenpr.gov.br/portal/component/jdownloads/send/10-comissoes/28-portaria-309-2016-comissao-estadual-de-reformulacao-do-codigo-de-etica-de-enfermagem