Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 1679


1679

A ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENFERMAGEM E SUA CONTRIBUIÇÃO À RECONFIGURAÇÃO DA IDENTIDADE PROFISSIONAL (1970)

Autores:
Tânia Cristina Franco Santos (taniacristinafsc@gmail.com) (Escola de Enfermagem Anna Nery / Universidade Federal do Rio de Janeiro) ; Laís de Araújo Pereira (Faculdade São José) ; Kyvia Rayssa Bezerra Teixeira (Escola de Enfermagem Anna Nery / Universidade Federal do Rio de Janeiro) ; Antonio Jose de Almeida Filho (Escola de Enfermagem Anna Nery / Universidade Federal do Rio de Janeiro) ; Maria Angélica de Almeida Peres (Escola de Enfermagem Anna Nery / Universidade Federal do Rio de Janeiro)

Resumo:
Introdução: As primeiras tentativas em relação ao desenvolvimento técnico-científico da profissão estão ligadas aos empreendimentos realizados pela Associação Brasileira de Enfermagem. Objetivos: analisar a atuação da Associação Brasileira de Enfermagem em prol do desenvolvimento científico da profissão na década de 1970. Metodologia: Estudo histórico-social. O corpus documental foi constituído de documentos escritos relativos ao tema, cujos achados foram analisados com base na Teoria do Mundo Social de Pierre Bourdieu. Resultados: A Associação Brasileira de Enfermagem participou da institucionalização da pós-graduação em enfermagem no Brasil. Antes mesmo da inserção do primeiro curso de mestrado em enfermagem no Sistema Nacional de Pós-Graduação, a associação reunia a enfermagem nos Congressos Brasileiros de Enfermagem. Destes Congressos, emergiram recomendações que serviram de guia para a formulação de estratégias em prol do desenvolvimento técnico-científico da profissão. Considerações finais: A participação da Associação Brasileira da Enfermagem, ao longo de várias décadas, foi marcada pelos eventos e publicações científicas, além de ações específicas para o desenvolvimento da pesquisa, destacando a criação do Centro de Estudos em Pesquisas em Enfermagem. Na década de 1970, com o advento da Pós-Graduação Stricto Sensu em Enfermagem, o enfermeiro precisou investiu esforços na incorporação e legitimação de seu capital científico. Contribuições para a Enfermagem: divulgação da Associação Brasileira de Enfermagem como importante parceira das políticas de educação e saúde no Brasil.


Referências:
Bourdieu P. O Poder Simbólico. Rio de Janeiro: Bertrand do Brasil; 2011. Pereira LA, Santos TCF. Pioneirismo da Associação Brasileira de Enfermagem no desenvolvimento da pesquisa: da revista ao centro de pesquisa. Esc. Anna Nery [periódico na internet]. 2013 jul;[citado 2017junho11]; 17(3). Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ean/v17n3/1414-8145-ean-17-03-0526.pdf