Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 1813


1813

EDUCAÇÃO CONTINUADA EM UM HOSPITAL FEDERAL: BASES CONSTRUÍDAS NA EDUCAÇÃO EM SERVIÇO

Autores:
Camila Pureza Guimarães da Silva (camilapureza37@gmail.com) (Hospital Federal de Bonsucesso- Ministério da Saúde) ; Pacita Geovana Gama de Sousa Aperibense (Escola de Enfermagem Anna Nery-UFRJ) ; Tânia Cristina Franco Santos (Escola de Enfermagem Anna Nery-UFRJ) ; Antônio José de Almeida Filho (Escola de Enfermagem Anna Nery-UFRJ) ; Maria Angèlica de Almeida Peres (Escola de Enfermagem Anna Nery-UFRJ)

Resumo:
Objetivo: analisar o uso do poder disciplinar dos enfermeiros no processo de transição da educação em serviço para a educação continuada do Hospital Geral de Bonsucesso. Método: Histórico-social, cujas fontes foram documentos escritos e depoimentos orais; utilizada a análise do discurso Foucaultiana. Resultados: A educação em serviço forneceu bases para a criação da educação continuada em enfermagem, uma vez que as enfermeiras educadoras tinham como premissa o exercício do poder disciplinar. Em 2000 o serviço de educação continuada em enfermagem foi criado e contou com um espaço físico próprio e uma enfermeira responsável pelo setor, dotada de saber, poder e autonomia. Considerações Finais: A educação em serviço funcionou como um dispositivo de disciplinarização e normatização do serviço de enfermagem através do uso do poder disciplinar pelas enfermeiras, dotadas de saber e poder, que apresentavam como discurso a sua criação para o aumento da qualidade da assistência prestada na instituição. Descritores: História da Enfermagem; Educação Continuada em Enfermagem; Hospitais Federais. Key Words: History of Nursing; education, continuing; Hospitals, Federal.


Referências:
1. Sardinha PL, Cuzatis GL, Dutra CT, Tavares CMM, Dantas CAC, Antunes CE. Educação permanente, continuada e em serviço: desvendando seus conceitos. Enferm. glob. [Internet]. 2013; [citado 2017 Mar 15]; 12(29): 307-322. Disponível em: http://scielo.isciii.es/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1695 2. Draper J, Clark L, Rogers J. Managers´ role in maximising investment in continuing professional education. Nursing Management. [Internet]. 2016; 22(9): 30-36. Disponível em: http://dx.doi.org/10.7748/nm.22.9.30.s29. 3. Pool I, Poell R, Cate TC. Nurses´ and managers´ perceptions of continuing professional development for older and younger nurses: A focus group study. International Journal of Nursing Studies. [Internet]. 2013, 50: 34-43. Disponível em: www.elsevier.com/ijns 4. Abbott AA, Fuji KT, Galt KA, Paschal KA. How Baccalaureate Nursing Students Value an Interprofessional Patient Safety Course for Professional Development. International Scholarly Research Network. [Internet] v. 2012; 2012: 401358. Disponível em: http://web.a.ebscohost.com/abstract?direct=true&profile=ehost&scope=site&authtype=crawler&jrnl 5. Leach LS, McFarland P. Assessing the Professional Development Needs of Experienced Nurse Executive Leaders. J Nurs Adm. [Internet] 2014 Jan; 44(1):51-62. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24316619 6. Paschoal AS, Mantovani MF, Meier MJ. Percepção da educação permanente, continuada e em serviço para enfermeiros de um hospital de ensino. Rev Esc de Enferm [Internet] USP. 2007; 41 (3): 478-484. Disponível em: http://www.ee.usp.br/reeusp/upload/pdf/742.pdf 7. Ministério da Saúde (BR). Portaria GM/MS nº 1.996, 20 de agosto de 2007: dispõe sobre as diretrizes para a implantação da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde [Online]. Brasília (DF); 2007. Disponível em: http://dtr2001.saude.gov.br/sas/PORTARIAS/Port2007/GM/GM. 8. Merhy EE, Feuerwerker LCM. Educação Permanente em Saúde: educação, saúde, gestão e produção do cuidado. In: Mandarino ACS, Gomberg E, organizadores. Informar e Educar em Saúde: análises e experiências. Salvador: Editora da UFBA; 2011. v. 1, p. 5-21. 9. Silva CPG da, Santos TCF, Peres MAA. Serviço de Enfermagem do atual Hospital Federal de Bonsucesso (1950-1951): De laico a religioso. Esc. Anna Nery [Internet]. 2015. Jun [citado 2017 Mar 14]; 19(2): 356-362. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414 10. Hospital Geral de Bonsucesso. Relatório de atividades da Educação Continuada. 2006. 11. Verena Alberti. Histórias dentro da História. In: Pinsky CB, organizador. Fontes Históricas. 2 ed. São Paulo: Contexto, 2006. 12. Mittman S. Discurso e texto: na pista de uma metodologia de análise. Seminário de Estudos em Análise do Discurso. Anais do II SEAD - Seminário de Estudos em Análise do Discurso. Porto Alegre: UFRGS, 2009. Disponível em: http://www.ufrgs.br/gepad/Solange+Discurso+e+texto.pdf. 13. Hospital Geral de Bonsucesso. Educação em Serviço. Relatório de Atividades. 1981. 14. Hospital Geral de Bonsucesso. Plano de Metas do Hospital Geral de Bonsucesso. 1999. 11p. 15. Dilly CML, Jesus MCP. Processo educativo em enfermagem: das concepções pedagógicas à prática profissional. São Paulo: Rode Editorial, 1995. 16. Foucault M. Microfísica do poder. São Paulo: Paz e Terra S/A. 2012. 17. Sabóia V. Educação em Saúde: a arte de talhar pedras. Niterói: Intertexto. 2003. 134 p. 18. Foucault M. Vigiar e Punir. Petrópolis: Vozes. 2000. 19. Fertonani HP, Pires DEP, Biff D, Scherer, MDA. Modelo assistencial em saúde: conceitos e desafios para a atenção básica brasileira. Ciênc. saúde coletiva [Internet]. 2015 Jun [citado 2017 Mar 14]; 20(6): 1869-1878. Disponível em: http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S14