Imprimir Resumo


Anais :: 69° CBEn • ISSN: 2318-6518
Resumo: 1828


1828

CUIDADO ESPIRITUAL NA ENFERMAGEM - DIAGNÓSTICOS PERCEBIDOS POR ACADÊMICOS À LUZ DA TRANSPESSOALIDADE

Autores:
Matheus do Vale Andrade (matheusdvandrade@gmail.com) (Universidade Federal da Bahia, Instituto Multidisciplinar em Saúde, Campus Anísio Teixeira)

Resumo:
Introdução: A prestação do cuidado espiritual além de contribuir para a melhora do relacionamento enfermeiro-indivíduo fortalece o respeito à dignidade humana, e, contrapõe os métodos reducionistas restritos ao modelo biomédico (SALIMENA et al, 2016). Neste sentido, a Teoria do Cuidado Humano de Watson representa um dos pilares capazes de subsidiar uma melhor apropriação pela enfermagem do cuidado espiritual e integral (WATSON, 2002). Objetivo: O estudo objetivou compreender as percepções de acadêmicos de enfermagem acerca de sua formação para cuidar as necessidades espirituais de cuidado de pacientes hospitalizados. Método: Trata-se de um estudo descritivo-exploratório de abordagem qualitativa, onde foram entrevistados oito estudantes do último ano do curso de graduação em enfermagem de uma universidade pública federal, submetidos à entrevista semiestruturada e questionário estruturado, analisados mediante modelo de análise temática de Minayo. Resultados: Emergiram quatro categorias temáticas: Saúde e Espiritualidade - as compreensões construídas até aqui; Necessidade de Cuidado Espiritual - as experiências vividas na graduação; Entraves versus possibilidades - conhecer as barreiras para planejar o cuidado espiritual da enfermagem; e, Os Desafios para o Cuidado Transpessoal - ao corpo, mente e espírito. Conclusão: O estudo possibilitou refletir sobre a importância da dimensão espiritual na prática de enfermagem e evidenciou poucos investimentos ao tema durante o processo formativo de enfermagem, apontando a necessidade para transformações neste contexto. Implicações para a enfermagem: Neste sentido, incentivam-se novos estudos e ações fomentadoras destas transformações tão relevantes no contexto formativo e dos serviços de saúde. Ratifica-se o uso de dispositivos teórico-metodológicos próprios perspectivando o cuidado ampliado, integral, humanizado e ético. Descritores: Enfermagem; Educação Superior; Espiritualidade.


Referências:
SALIMENA, Anna Maria de Oliveira et al. Compreensão da espiritualidade para os portadores de transtorno mental: contribuições para o cuidado de enfermagem. Revista Gaúcha de Enfermagem, v. 37, n. 3, 2016. WATSON Jean. Enfermagem: ciência humana e cuidar. Uma teoria de enfermagem. Tradução: João Enes. Portugal: Lusociência, 2002.